Eleições nos EUA

Trump proibe investimento em empresas chinesas apoiantes dos militares de Pequim

Carlos Barria

Proibição entra em vigor a 11 de janeiro de 2021.

Donald Trump decidiu esta quinta-feira proibir o investimento dos EUA em empresas chinesas acusadas pelo seu governo de apoiar as atividades militares de Pequim.

Através de um decreto, Trump avançou que esta interdição vai ser efetiva a partir de 11 de janeiro próximo, isto é, nove dias antes de sair da Casa Banca e ser substituído por Joe Biden na presidência dos EUA.

Os norte-americanos que possuam participações e outros interesses financeiros nestas empresas têm até novembro de 2021 para as cederem.

Veja também:

  • 1:41