Presidenciais

Covid-19. Adiamento das presidenciais é pouco provável  

Marcelo diz que seria preciso rever a Constituição.   

Com o número de novos casos de covid-19 em valores recorde e com a ameaça da nova variante do coronavírus, a hipótese de adiar as eleições presidenciais de dia 24 pode estar em cima da mesa, mas é pouco provável.

O Presidente da República diz que há muitas condicionantes que impedem esse adiamento. A mais pesada é uma revisão constitucional que o permita, um cenário que Marcelo Rebelo de Sousa afasta devido ao estado de emergência.

O presidente da Assembleia da República manifestou-se contra ao adiamento. Ferro Rodrigues considera que não faz sentido e que é uma opção pouco viável a tão poucos dias das eleições.