Presidenciais

André Ventura junta quase 170 pessoas em jantar-comício em Braga

HUGO DELGADO

Campanha diz que em todos os eventos cumprem as regras da DGS.

Cerca de 170 apoiantes do candidato presidencial do Chega reuniram-se este domingo em ambiente festivo, num jantar-comício, em Braga, com música e cânticos, uma iniciativa que a candidatura afirma cumprir as regras da Direção-Geral de Saúde.

Apesar do "dever geral de recolhimento domiciliário" e num dia em que Portugal perdeu mais 152 pessoas para a covid-19, Rui Paulo Sousa, diretor da campanha, argumentou que o evento é "um comício político que, pela lei, é permitido".

Fonte da Autoridade Regional de Saúde do Norte disse à SIC que o evento não foi autorizado, como explica jornalista da SIC Hugo Maduro.

Apesar da Autoridade Regional do Norte não autorizar a realização deste jantar, a campanha de André Ventura diz que todos os eventos cumprem as regras da Direção-geral da Saúde.

"Todos os eventos que estamos a realizar são feitos através das distritais, que contactam a Direção-Geral de Saúde (DGS), com os dados e o cumprimento de todas as regras de distanciamento, das mesas e dos lugares nas mesas", disse o diretor de campanha, mandatário nacional de André Ventura e membro da direção nacional do Chega, Rui Paulo Sousa.

O concorrente ao Palácio de Belém, André Ventura, nas suas ações de campanha eleitoral, tem criticado fortemente o executivo liderado por António Costa por aquilo que considera ser incompetência e falta de planeamento no combate às novas vagas da crise pandémica.

Em fundo, no salão onde decorre a iniciativa, fechado à comunicação social, ouviam-se gritos de apoio a Ventura, palmas, um coro de pessoas a cantar e a brindar.

ACOMPANHE AQUI A SIC NA CAMPANHA