Presidenciais

Ana Gomes condena incidentes na campanha de André Ventura

A candidata defende que o que está em causa é a defesa da democracia.

Ana Gomes acredita na possibilidade de haver uma segunda volta nas Presidenciais. O dia de campanha ficou marcado por um ataque a André Ventura e, depois, pela condenação dos incidentes em Setúbal de que o candidato do Chega foi alvo.

Há vários dias que a candidata socialista insiste na imagem de uma presidente Rottweiler e numa visita a um canil, Ana Gomes não resistiu a entrar no jogo das metáforas.

Mais tarde condenou os incidente que marcaram a campanha de André Ventura, em Setúbal. Para Ana Gomes, o que está em causa é a defesa da democracia.

Veja mais no Especial Presidenciais

  • O exemplo inglês 

    Opinião

    Na década de oitenta, as tragédias de Heysel Park primeiro e de Hillsborough depois, atiraram a credibilidade do futebol inglês para a sarjeta.

    Duarte Gomes