George Floyd

Câmara de Londres condena ataque da extrema-direita em manifestação antirracista

Correspondente SIC

Um grupo de centenas de pessoas irromperam pela manifestação antirracista que estava a decorrer no centro de Londres.

O presidente da Câmara de Londres e a responsável pela administração interna no Reino Unido já condenaram o ataque organizado pela extrema-direita britânica.

Um grupo de centenas de pessoas irromperam este sábado pela manifestação antirracista que estava a decorrer no centro de Londres, e atacou a polícia, como conta o correspondente da SIC em Londres, Emanuel Nunes.

Também em Paris, França, milhares de manifestantes reuniram-se num protesto antirracista e contra a violência policial. A polícia usou gás lacrimogéneo contra os manifestantes, que evocavam a morte de um jovem negro, sob custódia policial, num subúrbio de paris em 2016.

  • Marcelo Rebelo de Sousa: aprender a perder para depois ganhar o país

    Presidenciais

    Marcelo Rebelo de Sousa foi um predestinado. Nasceu e cresceu à boleia da ditadura, mas a sua luta foi pela democracia. Parecia não alimentar a vontade de alcançar altos cargos políticos e chegou mesmo a invocar o nome de Deus em vão: "Nem que Cristo desça à Terra!", dizia Marcelo. Declarou também que dez anos como Presidente da República era muito tempo. Mas ei-lo de novo a contrariar-se e a seguir o caminho que já lhe vinha a ser apontado.

    Ana Luísa Monteiro