Guerra Rússia-Ucrânia

"Esta guerra, sendo um crime russo na Ucrânia, afeta-nos a todos"

Loading...
Esta quarta-feira assinalam-se seis meses de guerra na Ucrânia e os 31 anos de independência da União Soviética. O comentador da SIC, Germano Almeida, faz uma antecipação do que poderá acontecer.

Há "receio" que, esta quarta-feira, haja fortes ataques por parte da Rússia à Ucrânia. No dia 24 de agosto assinala-se o dia da independência ucraniana da União Soviética.

Com a aproximação da data, os ucranianos têm recebido cada vez mais alertas de um possível ataque em larga escala. O sentimento é de incerteza, numa semana que costuma ser de celebração.

As autoridades ucranianas têm avisado a população para a possibilidade de ataques de mísseis em larga escala por parte da Federação Russa. O Presidente Volodymyr Zelensky também se mostra preocupado com estes alertas e pede atenção redobrada aos ucranianos.

Também esta quarta-feira assinala-se os seis meses de guerra na Ucrânia. O comentador da SIC, Germano Almeida, considera que as sanções aplicadas à Rússia "vão sentir-se dos dois lados, (...) essencialmente no gás".

Esta guerra, sendo um crime russo na Ucrânia, afeta-nos a todos.

O comentador da SIC analisou ainda as dificuldades da Rússia em avançar no Donbass, o lançamento de mísseis cruzeiro russos para Odessa e os ataque em Donetsk.

Últimas Notícias
Mais Vistos