Guerra Rússia-Ucrânia

Zelensky insiste que míssil que caiu na Polónia é "russo"

Loading...

O Presidente ucraniano diz não ter recebido qualquer prova do Ocidente.

O secretário-geral da NATO confirmou que o incidente na Polónia terá sido causado por um míssil de defesa antiaérea ucraniano. Depois da Rússia ter negado que o míssil que caiu é russo, agora Zelensky afirma não ter dúvidas de que o engenho foi lançado pelas forças russas.

"Acredito que se trata de um míssil lançado pelas forças russas. Acredito nisso, tendo em conta a confiança que tenho nas informações do exército", sublinha o Presidente ucraniano.

Zelensky disse que não tinha recebido qualquer prova do Ocidente de que um projétil ucraniano tivesse sido disparado para abater mísseis de cruzeiro russos lançados contra a Ucrânia.

"Temos o direito de receber provas dos nossos parceiros à porta fechada? Não recebemos nada", disse Zelensky.

O míssil que se abateu sobre solo polaco fez recear um envolvimento da NATO no conflito, pelo facto de a Polónia estar abrangida pelo compromisso de defesa coletivo da Aliança atlântica.

A Rússia negou ter disparado um míssil sobre uma povoação polaca perto da fronteira com a Ucrânia, enquanto Varsóvia admitiu ser “altamente provável” que se tratasse de um projétil antiaéreo ucraniano.

Ainda esta tarde, a Casa Banca considerou que “nada contradiz” a tese pela qual o míssil que caiu na Polónia era proveniente da defesa ucraniana, apesar de atribuir as “últimas responsabilidades” à Rússia devido à invasão da Ucrânia.

Últimas Notícias
Mais Vistos