Guerra Rússia-Ucrânia

Míssil russo cai perto de uma creche na Ucrânia

Loading...

A Ucrânia prepara-se para uma ofensiva russa no início da primavera e junto a Chernobyl decorrem exercícios das tropas ucranianas.

Esta sexta-feira, no terreno, houve a explosão de um míssil russo perto de uma creche do Donbass e novas reivindicações russas de conquistas territoriais, já negadas por Kiev.

O míssil russo foi lançado ao nascer do dia sobre Kramatorsk e explodiu nas imediações de uma creche.

No outro grande reduto ucraniano do Donbass, em Bakhmut, os soldados que defendem a cidade fizeram questão de hastear uma nova bandeira ucraniana, em sinal de desafio às tropas russas que reivindicaram esta semana o controlo total da região.

Kiev continua a negar os avanços territoriais reclamados nos últimos dias por Moscovo, mas prepara-se já para uma eventual ofensiva russa no final do inverno, início da primavera.

Na área de exclusão de Chernobyl, junto à fronteira bielorrussa, decorrem exercícios das unidades de cavalaria e infantaria ucranianas.

A poucos quilómetros, mas já no espaço aéreo bielorrusso, o regime de Minsk, aliado de Moscovo, divulgou novas imagens das manobras das forças aéreas dos dois países.

A Bielorrússia garante ainda que não servem de preparação para missões de combate e rejeita a existência de pressões crescentes da Rússia para assumir um papel mais ativo no conflito da Ucrânia.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro de 2022 pela Rússia na Ucrânia causou até agora a fuga de mais de 14 milhões de pessoas -- 6,5 milhões de deslocados internos e quase oito milhões para países europeus -, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Últimas Notícias
Mais Vistos