Incêndios em Portugal

Emília Marques, 99 anos, viu a casa a arder: "Parecia o diabo que vinha por ali abaixo"

Loading...

Os bombeiros não chegaram ao local e a casa acabou cercada pelas chamas. Foi a filha que socorreu Emília.

Dezenas de pessoas foram obrigadas a abandonar as casas em Alvaiázere, no distrito de Leiria. É o caso de Emília Marques com quase 100 anos, habitante do lugar da Mouta, que viu destruída a casa que já pertencia dos pais.

Estava a ver televisão quando a filha a veio ajudar, um apoio que lhe pode ter salvado a vida uma vez que o fogo já estava muito perto da casa.

"Parecia o diabo que vinha por ali abaixo. Nunca vi um fogo assim", contou à SIC.

Emocionada, relatou que perdeu tudo no fogo, desde as fotografias mais recentes às memórias com mais de cem anos.

"Tinha lá mais de 100 fotografias, dos meus filhos, dos meus netos, dos meus bisnetos...e dos meus pais. Foi-se embora tudo", disse.

No lugar da Mouta, no concelho de Alvaiázere, existem poucas casas e os bombeiros optaram por se concentrar noutras áreas. À SIC, disseram que as mudanças de direção do vento dificultaram o combate e não permitiram chegar a todos os locais em perigo.

Jornalistas: Hugo Maduro, Ana Lúcia Martins

Imagem: Hugo Veigas