Incêndios em Portugal

Fogo na Serra da Estrela está "estabilizado", mas "não dominado"

Fogo na Serra da Estrela está "estabilizado", mas "não dominado"
NUNO ANDRÉ FERREIRA
Há ainda a registar um ferido "por doença súbita" entre os sapadores florestais.

O incêndio na Serra da Estrela "está estabilizado", mas não está ainda dominado, informou a Proteção Civil esta sexta-feira. Há ainda a registar um ferido "por doença súbita" entre os sapadores florestais.

Podemos dizer que o incêndio, neste momento, não apresenta expansão da sua área [...]. Portanto, diria que está estabilizado, é um termo que se pode aplicar apesar de não ser um estado da evolução do incêndio, mas não consideramos ainda como dominado

Miguel Cruz, segundo comandante da Proteção Civil, explicou que há "áreas muito quentes com pequenas reativações" que podem progredir para áreas não queimadas e "aumentar a propagação do incêndio".

E temos outras, [...] já em zonas queimadas, que consideramos ilhas e, portanto, não têm grande problema, a não ser que possam originar projeções

Miguel Cruz contou igualmente que, ao longo do dia "um sapador florestal de Abrantes teve de ser encaminhado para o hospital [da Guarda] , por doença súbita, uma convulsão", sem conseguir explicar se foi ou não provocada pelo incêndio, tendo sido considerado "um ferido ligeiro".

"A maior dificuldade" que existe agora é a de "garantir a gestão de todo o perímetro para evitar reacendimentos, novos avanços do incêndio e acréscimos de área".

Vamos ter ainda vento com alguma intensidade durante o final do dia e valores de humidade relativa reduzidos durante a noite

Loading...

Área ardida na serra da Estrela já ultrapassa os 17 mil hectares

Mais de 17 mil hectares já arderam no incêndio que lavra desde sábado na Serra da Estrela segundo o sistema de vigilância europeu Copernicus.

Segundo os dados disponíveis às 21:50, a área ardida neste fogo é de 17.179 hectares.

Últimas Notícias
Mais Vistos