Isabel II

Cerimónias fúnebres de Isabel II: o protocolo restrito para os líderes mundiais

Loading...
Apenas os chefes de Estados e os cônjuges ou companheiros foram convidados para o funeral.

Os chefes de Estado estrangeiros já receberam as regras para o funeral de Isabel II. Foram aconselhados a viajar em voos comerciais e proibidos de usar os próprios carros para chegar à Abadia de Westminster.

Trata-se de um dos maiores eventos de sempre no Reino Unido e reunirá em Londres das principais figuras da política internacional. Portanto, a segurança será reforçada e os líderes mundiais terão de acatar as regras impostas para as cerimónias fúnebres de Isabel II.

Primeiramente, a viagem a Londres só pode ser realizada em voos comerciais, que estarão autorizados a aterrar no aeroporto de Heathrow. As deslocações de helicóptero estão proibidas e os voos privados são desaconselhados. Porém, quem insistir em levar o jato privado, terá de aterrar noutro aeroporto.

Devido à esperada grande afluência a Londres, alguns voos comerciais e privados podem ter de ser desviados para outro aeroporto.

Marcelo Rebelo de Sousa confirmou a deslocação para o funeral da Rainha a 18 de setembro, acompanhado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho. Contudo, de acordo com o portal europeu "Político", apenas os chefes de Estado e os respetivos cônjuges ou companheiros foram convidados para o funeral. Os que não conseguirem comparecer, podem nomear o chefe de Governo ou ministro para os representar.

No domingo, véspera do funeral da Rainha Isabel II, o Rei Carlos III fará uma receção a todos os líderes estrangeiros, no Palácio de Buckingham.

Antes do funeral, poderão velar Isabel II e assinar o livro de condolências, na Lancaster House.

No dia do funeral, dia 19 de setembro, serão levados até à Abadia de Westminster de autocarro. Por razões de segurança, terão de deixar os próprios carros num local específico, no oeste de Londres.

Depois do funeral, os líderes mundiais serão escoltados a pé até Dean's Yard, dentro da Abadia, para participar numa receção oferecida pelo secretário de Estado do Reino Unido para os Assuntos Externos e a Commonwealth britânica. Deverão regressar ao oeste de Londres de autocarro.

Últimas Notícias
Mais Vistos