Qatar 2022

Inglaterra estreia-se com goleada frente ao Irão em jogo marcado por protestos e lesão

Inglaterra estreia-se com goleada frente ao Irão em jogo marcado por protestos e lesão
Alessandra Tarantino

A seleção inglesa venceu por 6-2, em jogo do Mundial no Qatar.

A seleção inglesa venceu esta segunda-feira o Irão de Carlos Queiroz por 6-2, em jogo da fase de grupos do Mundial no Qatar, que ficou marcado por uma paragem de quase 10 minutos da partida e por protestos.


Logo aos oito minutos da partida, o guarda-redes do Irão chocou com o colega de equipa Majid Hosseini, num lance que obrigou a uma paragem de quase 10 minutos do jogo. Depois de receber assistência e do jogo ter recomeçado, Alireza Beiranvand pediu para sair e acabou por deixar o relvado numa maca.

O marcador foi depois inaugurado aos 35 minutos, com um golo do inglês Jude Bellingham, com assistência de Luke Shaw.

Bukayo Saka fez o 2-0 para a seleção de Inglaterra, na sequência de um pontapé de campo. Os homens do Irão ainda reclamaram de falta no lance, mas o árbitro não deu razão à seleção iraniana.

Aos 46 minutos da partida, Raheem Sterling marcou o terceiro golo da seleção inglesa, após um belo trabalho entre o extremo do Chelsea e Harry Kane.

Depois de ter feito o 2-0, Bukayo Saka voltou a marcar, fazendo o 4-0.

O jogador do FC Porto, Mehdi Taremi, marcou os dois golos do Irão, aos 65 minutos da partida e num penálti aos 90+13.

O jogo acabou com a vitória da seleção inglesa por 6-2, com os últimos dois golos feitos por Marcus Rashford e Jack Grealish.

A partida ficou ainda marcada pelo protesto silencioso dos jogadores do Irão, que se recusaram a cantar o hino do país. Uma ação de aparente demonstração de apoio aos protestos que decorrem há dois meses no Irão, após a morte da jovem Mahsa Amini.

A seleção inglesa também marcou posição dentro do relvado ao ajoelhar-lhe, numa demonstração que começou por ser de luta contra o racismo. Desta vez, o gesto foi usado num apelo à aceitação pela diversidade.

Últimas Notícias