Orçamento do Estado

OE2021. Governo admite ter margem para negociar, Bloco mantém o silêncio até domingo

Bloco de Esquerda considera que as propostas avançadas pelo Governo são insuficientes.

O ministro das Finanças, João Leão, garante que continua a ter margem para negociar a aprovação do Orçamento do Estado com os partidos à esquerda. A garantia foi dada à margem de uma reunião à porta-fechada com os deputados do PS, que se realizou esta quinta-feira à noite.

Sobre os valores nem uma palavra. O PS repete a mensagem do primeiro-ministro: a margem é a do bom senso e da responsabilidade orçamental.

Na manhã desta sexta-feira, o PCP deu a entender que já convenceu o governo numa das matérias em negociação. E, entretanto, já assumiu publicamente o sentido de voto para o Orçamento.

A discussão mantém-se com o Bloco de Esquerda, que promete silêncio até domingo ao final do dia. Até agora, o partido liderado por Catarina Martins considera que as propostas avançadas pelo Governo são insuficientes.

Enquanto o Governo espera que o tempo ajude a criar condições para um entendimento, o Bloco já fez saber que só admite abster-se na generalidade se estiver fechado com o Governo um acordo final que lhe permita deixar passar o Orçamento também na especialidade.

  • 3:09