Orçamento do Estado

OE 2022: Aumento do abono de família e apoio para jovens em situação de pobreza extrema

São abrangidas meio milhão de crianças.

O ministro das Finanças esclareceu esta terça-feira os pormenores da proposta do Orçamento do Estado para 2022, que foi entregue esta segunda-feira na Assembleia da República.

Entre as medidas avançadas, João Leão anunciou um aumento do abono de família e a criação de um novo apoio para jovens em situação de pobreza extrema. O valor do abono de família vai crescer no primeiro e segundo escalões.

"Em 2022 serão garantidos pelo menos 600 euros anuais para crianças até aos 6 anos e 492 euros com mais de 6 anos", informou.

"Todas as crianças independentemente do rendimento da família recebem pelo menos 600 euros por ano, 50 euros por mês, seja através de deduções fiscais, do abono de família ou através de um adicional ao abono de família que perfaz aquele valor".

Garantia para Infância

Para além disso, é ainda criado um novo apoio para crianças e jovens em situação de pobreza extrema: chama-se Garantia para Infância.

"Em 2022 assegura-se desde já um apoio de 840 euros, o equivalente a 70 euros por mês."

O objetivo do Governo é que até 2023 cada criança que se encontre nesta situação receba 1.200 euros por ano, 100 euros por mês.

VEJA AQUI OS PRINCIPAIS PONTOS DO OE 2022

VEJA TAMBÉM:

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros