Operação Marquês

"Juízes quiseram fazer do caso de Armando Vara um exemplo para a sociedade" 

Rui Gustavo, jornalista do Expresso, na Edição da Tarde, da SIC Notícias.  

O antigo ministro Armando Vara foi condenado a dois anos de prisão efetiva por ter branqueado 535 mil euros através de negócios imobiliários.

O ex-administrador da CGD é o primeiro arguido da Operação Marquês a ser julgado.

Rui Gustavo considera que a pena efetiva aplicada a Armando Vara serve de exemplo para a sociedade e afirma que esta é a segunda vez que acontece com o antigo ministro.

"É a segunda vez que Armando Vara faz de exemplo para a sociedade."

Segundo o jornalista do Expresso, a primeira foi quando Armando Vara foi condenado a cinco anos de prisão efetiva por tráfico de influências no processo Face Oculta.

Para o jornalista, os juízes quiseram mostrar que este tipo de criminalidade económica que envolve pessoas com o dever moral de Armando Vara tem de ser efetivamente castigado.