A vacinação em Portugal e no Mundo

Regulador de saúde dos EUA diz que vacina da Johnson & Johnson pode intensificar síndrome Guillain-Barré

Carlo Allegri

No entanto, sublinha que é uma situação rara.

O regulador de saúde norte-americano diz que a vacina da Johnson & Johnson contra a covid-19 pode intensificar uma doença autoimune. Quem sofre da síndrome Guillain-Barré pode ver os sintomas ligeiramente aumentados.

De acordo com o New York Times, a entidade considera que é entre três e cinco vezes mais provável desenvolver a condição grave após a administração desta vacina. No entanto, sublinha que é uma situação rara.

A agência norte-americana para a Segurança Alimentar e do Medicamento (FDA) identificou 100 possíveis casos após a vacina. A maior parte das pessoas terá recuperado.

Em Portugal, a vacina está a ser administrada aos homens e a mulheres acima dos 50 anos.

Veja também: