Vacinar Portugal

Quem tomou a vacina da Johnson & Johnson pode ter de levar reforço 

Incerteza da eficácia contra a variante Delta pode obrigar a segunda dose, de outra vacina.

Quem tomou a vacina da Janssen, do laboratório Johnson & Johnson, pode ter de levar reforço com outras vacinas. Os especialistas estão a ponderar dar a segunda dose, face à incerteza da eficácia contra a variante Delta.


A aplicação de uma dose de reforço é para já apenas uma hipótese que está a ser estudada por especialistas.

O coordenador da Comissão Técnica de Vacinação contra a covid-19, Válter Fonseca, diz que o reforço com outras vacinas para quem recebeu a vacina da Janssen, da Johnson & Johnson, pode ter de ser feito por causa da variante Delta.


A Johnson & Johnson já comunicou que está a testar a resposta imunológica da vacina contra a variante Delta, mas que ainda não tem dados disponíveis.

Veja também:

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia