A vacinação em Portugal e no Mundo

Covid-19. Estados Unidos recusam administração de terceira dose da vacina da Pfizer

Carlos Osorio

A Pfizer pretendia solicitar a autorização especial para administrar uma terceira dose.

As autoridades de saúde norte-americanas decidiram que quem já recebeu as duas doses da vacina contra a covid-19 não precisa de levar uma terceira dose.

A decisão foi tomada depois de uma reunião com os responsáveis da Pfizer. Na semana passada, a farmacêutica tinha anunciado que iria solicitar aos reguladores dos EUA a autorização necessária para administrar uma dose de reforço aos utentes.

A Pfizer sustentou esta decisão com estudos que indicam que o risco de infeção aumenta seis meses depois da administração da última dose. A fabricante de vacinas teve também em conta o crescimento de casos associados à variante Delta, que é mais contagiosa.

Veja mais: