Mundo

Migrante de 7 anos morre à guarda dos serviços dos Estados Unidos

Migrante de 7 anos morre à guarda dos serviços dos Estados Unidos

Jakelin morreu desidratada num centro de detenção de imigrantes no Novo México.

A mãe da criança de sete anos que morreu à guarda do serviço de fronteiras dos Estados Unidos disse que o pai a levou para tentar salvá-la da pobreza extrema em que viviam.

Jakelin morreu, na semana passada, de choque e desidratação, num centro de detenção de imigrantes no Novo México.

A mãe e os irmãos permanecem na Guatemala.