Mundo

Um detido em Christchurch após alerta de bomba na Nova Zelândia

David Alexander

Um homem foi detido e a polícia está a evacuar as ruas de Newcastle, Glasgow and Harrow da cidade de Christchurch, a maior domaior da Ilha do Sul da Nova Zelândia

Vincent Yu

Neste momento sabe-se apenas que a polícia respondeu a um alerta de "objeto suspeito" numa propriedade da periferia de Phillipstown, em Christchurch onde há menos de dois meses um duplo atentado matou 50 pessoas em duas mesquitas.

para o local foram mobilizados bombeiros e brigadas de minas e armadilhas, para averiguar o conteúdo do "objeto suspeito" e se contem ou não engenhos explosivos.

Pelo menos três ruas foram evacuadas e o espaço aéreo suspenso.

A polícia neozelandesa confirmou a detenção de um homem de 33 anos, para ser interrogado.

A Nova Zelândia ainda está em alerta máximo, menos de dois meses depois do pior atentado terrorista no país. A 15 de março, o suprematista branco australiano Brenton Tarrant abriu fogo em duas mesquitas em Christchurch, matando 50 pessoas.

As investigações aos atentados suicidas no domingo de Páscoa no Sri Lanka Páscoa mostram que foram realizados em represália pelos ataques às mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia, disse hoje o vice-ministro da Defesa cingalês.

  • Votar? É mais praia...
    2:43

    Europeias 2019

    Em dia de eleições e calor intenso, a praia da região urbana de Carcavelos esteve muito concorrida, com os respetivos engarrafamentos na Avenida Marginal na ida e no regresso. E com os depoimentos dos veraneantes a merecer reflexão.