Mundo

Um dia de inverno na Europa: nevão em Espanha e onda de calor na Grécia

O frio já provocou pelo menos quatro mortos em Espanha.

Madrid começa a recupera aos poucos a normalidade possível, depois do forte nevão dos últimos dias que fez pelo menos quatro mortos.

O maior nevão em 50 anos é, para muitos, algo inédito. E a séria missão de distribuir vacinas contra a covid-19 foi atrapalhada pela neve intensa. A Guardia Civil vai mesmo escoltar camiões que ficaram retidos.

O chefe de Governo reconheceu que o temporal excedeu as previsões mais pessimistas e a prioridade passa agora pelo restabelecimento da distribuição não apenas das vacinas, mas também de alimentos.

Morreram pelo menos quatro pessoas: um casal vítima de uma enxurrada em Málaga, um homem encontrado sem vida debaixo da neve em Madrid e uma sem-abrigo em Saragoça.

Por outro lado, na Grécia, o calor intenso levou centenas à praia. Uma massa de ar quente fez com que, em algumas zonas da Grécia, os termómetros ultrapassassem os 30 graus.