Mundo

Quem é o jovem que invadiu uma creche no Brasil e matou cinco pessoas

A creche "Aquarela", no município brasileiro de Saudades, no estado de Santa Catarina, onde um jovem de 18 anos matou cinco pessoas

WilliamRicardo / iShoot

Entre as vítimas mortais estão três crianças com menos de 2 anos.

Três crianças e duas funcionárias de uma creche do município brasileiro de Saudades, no estado de Santa Catarina, morreram esta terça-feira após um ataque à facada perpetrado por um jovem de 18 anos que invadiu a instituição.

O polícia responsável pelo caso, Jerônimo Marçal Ferreira, diz que três crianças e uma professora morreram logo após o ataque, na manhã desta terça-feira. Já a quinta vítima mortal, uma funcionária da instituição de ensino pré-escolar, chegou a ser levada com vida para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos, de acordo com a imprensa local.

O jovem, que usou uma arma branca de grandes dimensões para atacar bebés, crianças e funcionárias, foi transferido para um hospital, onde se encontra em estado grave, após ter desferido golpes contra si mesmo, segundo relatos de testemunhas.

A Polícia Civil de Santa Catarina identificou o autor do ataque como Fabiano Kipper Mai.

Na casa do suspeito, as autoridades brasileiras apreenderam um computador que vai ser analisado, embalagens das duas facas utilizadas no ataque à creche e cerca de 11 mil reais em dinheiro.

Os pais de Fabiano Kipper Mai dizem que o jovem trabalhava e estava a juntar dinheiro.

Jerônimo Marçal Ferreira afirmou que o autor do ataque não saía muito. "Era um rapaz mais quieto", disse.