Mundo

Calor extremo nos EUA. Algumas estradas cederam e tiveram de ser cortadas 

Mais de 500 mortes súbitas atribuídas ao calor, nos EUA e Canadá.

A onda de calor extremo na costa oeste dos Estados Unidos e do Canadá já provocou mais de 500 mortos.

Perto de Vancouver, a temperatura atingiu um recorde de quase 50 graus. As altas temperaturas agravaram um fogo florestal que levou à evacuação de uma cidade em 15 minutos.

A 200 quilómetros, na costa, o calor tropical paralisou praticamente Vancouver. Na maior cidade da Columbia Britânica, esgotaram-se aparelhos de ar condicionado, restaurantes fecharam e foram abertos centros de acolhimento, arrefecidos, para receber os mais vulneráveis.

Também no noroeste dos Estados Unidos, Washington, o Oregon e o norte da Califórnia sofrem com o calor intenso. Em Seattle, o alcatrão e o piso das estradas cederam a temperaturas médias de 45 graus, obrigando a intervenções de emergência e a cortes na circulação das vias.