Mundo

Alguns países europeus enfrentam chuvas torrenciais. Há ruas submersas e dezenas de pessoas resgatadas

É o caso de Itália e Áustria. Autoridades apontam para grandes prejuízos.

Na Alemanha, já começaram os trabalhos de reconstrução nalgumas das áreas devastadas pelas cheias. Em contraste, há outros países europeus que enfrentam agora chuvas torrenciais. A cidade siciliana de Palermo, no sul de Itália, esteve a ser fustigada por uma chuva tão intensa, que algumas ruas ficaram completamente submersas.

Depois de uma madrugada de chuvas diluvianas, este domingo, as ruas de uma pequena cidade austríaca, a sul de Salzburgo, desapareceram debaixo de água. As cheias provocaram muitos estragos, mas não fizeram vítimas.

Apesar do alerta lançado pelas autoridades italianas, a chuva torrencial provocou cheias e apanhou de surpresa dezenas de condutores, em Palermo, que tiveram de ser resgatados de carros levados pela corrente.

Cheias na Alemanha

Na Alemanha, há ainda equipas de resgate a procurar vítimas das cheias. Cinco dias depois do maior desastre natural das últimas décadas nesta região, ainda há perto de duas centenas de pessoas que não foram encontradas.

A chanceler Merkel visitou algumas das áreas mais afetadas este fim de semana.

Apesar da reconstrução já ter começado, na Alemanha, mas também na Bélgica, nos Países Baixos e na Suíça o nível das águas em algumas regiões mantém-se perigosamente elevado.

Veja também:

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros