Mundo

Vulcão de La Palma de novo em erupção após breve acalmia

Miguel Calero

Os especialistas do Instituto Geográfico Nacional têm estado a acompanhar as alterações registadas

O vulcão de Cumbre Vieja, em La Palma, voltou a expelir lava e fumo, depois de ter registado um momentânea interrupção nesta manhã de segunda-feira. Uma coluna de fumo branco voltou a sair do cone, depois de várias horas de calma.

Os especialistas do Instituto Geográfico Nacional (IGN) têm estado a acompanhar as alterações registadas pelo vulcão esta segunda-feira, confirmando que voltaram a ser emitidas “colunas de fumo e gases”.

A atividade sísmica associada com a erupção desceu durante a manhã. No entanto, o Instituto de Geociências de Madrid alerta que a situação pode mudar rapidamente. Na zona norte de Fuencaliente, foram registados 16 tremores de terra a 10km de profundidade, segundo avança o IGN.

Este aumento de atividade sísmica poderá estar relacionado com o ajuste da rocha que envolve a bolsa de magma ou com a injeção de lava noutro lugar, segundo explica, ao El País, Gullermo Veja.

Chegada da lava ao oceano está "iminente"

Espera-se que a lava expelida chegue à costa oceânica dentro de poucas hora. Segundo o presidente do Governo das Canárias, Ángel Víctor Torres, esse momento está “iminente”.

“A previsão é que possa chegar ao mar e que seja rápido. Um momento também difícil, uma vez que temos de tentar, o quanto antes, saber se a lava tem um circuito, uma maneira de lá chegar”, disse o presidente, em declarações à Cadena Ser.

Este domingo, a frente de lava estava a cerca de 1.600 metros da costa marítima da ilha, deslocando-se a maior velocidade em sentido noroeste e contornado a montanha de Todoque. Por essa razão, a direção do Plano de Prevenção de Risco Vulcânico ordenaram o confinamento de vários núcleos populacionais do município de Tazacorte.

► Veja mais:

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia