Mundo

Já morreram quase 400 crianças nas cheias no Paquistão

Loading...
Reconstrução do país pode demorar cinco anos. O Governo já pediu ajuda internacional.

Há quase 400 crianças entre as mais de 1.200 vítimas mortais das cheias no Paquistão. As Nações Unidas pediram aos doadores internacionais quase 160 milhões de euros de ajuda. Mas o Governo paquistanês diz que é pouco para pagar os estragos e ajudar quem perdeu tudo.

A reconstrução deve demorar, pelo menos, 5 anos. Segundo o governo de Islamabad, vai custar cerca de 10 mil milhões de euros, um valor muito acima do que as Nações Unidas estão a tentar angariar para já.

A ONU já apelou aos maiores doadores internacionais para que apoiem o Paquistão. Mas o primeiro ministro diz que é uma gota no oceano.

Várias agências internacionais estão a preparar ajuda para enviar para o Paquistão, onde falta quase tudo, neste momento, sobretudo comida e medicamentos. Pediram ao Governo que levante as restrições em vigor, em relação às importações vindas da vizinha Índia.

Apesar dos laços históricos os ligam, o Paquistão e a Índia já se enfrentaram em 3 guerras desde 1947 e as fronteiras entre ambos estão fechadas em quase todos os pontos.

As cheias afetaram 33 milhões de pessoas, deixaram milhares sem casa e fizeram mais de 1.200 vítimas mortais. Entre os mortos há quase 400 crianças e bebés.

Últimas Notícias
Mais Vistos