Mundo

Imagens de videovigilância mostram interior de casa no momento do sismo na Indonésia

Loading...

Cianjur, a sul da capital, Jacarta, foi o epicentro do terramoto de 5.6 graus de magnitude que se sentiu, durante vários segundos, na tarde de segunda-feira.

Da Indonésia chegam imagens de videovigilância de uma casa que mostram o momento em que o sismo atinge a província de Java ocidental.

Nas imagens vê-se uma mulher, que estava sentada no chão, a pegar na criança ao colo e a correr em direção ao exterior da casa.

Na divisão ao lado estava outra pessoa que correu também para fora da habitação, ao mesmo tempo que se ouvem gritos. Pela garagem fugiram para o exterior, pelo menos, outras sete pessoas no momento do abalo.

Esta imagens foram captadas na segunda-feira, quando um terramoto de magnitude 5.6 na escala de Richter atingiu Cianjur, na província de Java Ocidental, na Indonésia.

O último balanço aponta para pelo menos 270 vítimas, dezenas de desaparecidos e centenas de feridos. Entre as pessoas que morreram, há muitas crianças e adolescentes, que estavam nas escolas, destruídas pelo sismo.

A região, onde vivem quase 2 milhões e meio de pessoas, é a mais densamente povoada do oeste da ilha de Java.

Há muitas famílias que perderam tudo e que têm de ser realojadas em centros temporários de acolhimento. Estima-se que 13 mil pessoas tenha ficado sem casa.

A Indonésia é um dos países com mais sismos registados por ano. Fica no chamado círculo de fogo do Pacífico, uma área onde há um grande número de terramotos e uma forte atividade vulcânica constante

Últimas Notícias
Mais Vistos