Mundo

"O meu primeiro e-mail da prisão": Andrew Tate consegue entrar em contacto com fãs

"O meu primeiro e-mail da prisão": Andrew Tate consegue entrar em contacto com fãs
Inquam Photos

O influenciador digital Andrew Tate está detido e enfrenta acusações de tráfico humano e violação. Através de um e-mail enviado aos fãs descreve as condições da prisão onde se encontra.

Andrew Tate continua detido numa prisão romena, depois de ter visto recusado o pedido para ser libertado. E, pela primeira vez, terá entrado em contactar com os fãs, segundo o indy100.

“O meu primeiro e-mail da prisão” era o assunto que introduzia o contacto do influenciador digital Andrew Tate com os fãs, diz o indy100.

Nos e-mails, que foram divulgados pelo canal de YouTube Fesify, Tate partilhava "lições diárias" e descrevia o local onde se encontrava detido: uma cela sem luz e que tinha todo tipo de “baratas”, as "únicas amigas à noite".

Segundo esta conta de YouTube, Andrew Tate terá enviado pelo menos dois e-mails aos fãs. Para além disto, Tate terá conseguido também ter acesso ao Twitter no último domingo, onde tem feito várias partilhas por dia.

Irmãos Tate enfrentam acusações de tráfico humano e violação

O ex-kickboxer e o irmão, Tristan Tate, foram detidos a 29 de dezembro e enfrentam acusações de tráfico humano e violação.

Desde abril do ano passado que Andrew Tate – um influencer que se autoproclama como misógino e promove ideologias sexistas nas redes sociais – e o irmão estavam a ser investigados pelo sequestro de duas jovens.

A informação partiu da embaixada dos Estados Unidos na Roménia: as autoridades locais foram alertadas para o sequestro de uma norte-americana, de 21 anos, na casa dos irmãos Tate. Durante a buscas, a polícia encontrou duas jovens – uma norte-americana e uma romena.

Além dos irmãos Tate, as autoridades suspeitam que mais dois cidadãos romenos façam parte de uma organização criminosa que recruta e explora mulheres, obrigando-as a criar conteúdo pornográfico para posterior distribuição. A polícia acredita que o grupo terá angariado avultadas quantias com este esquema.

Segundo as autoridades, as vítimas eram atraídas por Andrew e Tristan Tate com promessas de relação romântica e casamento. As mulheres ficariam depois alojadas em prédios na zona de Ilfov, Bucareste, onde eram alvo de violência física, mental e sexual.

Andrew Tate tem sido alvo de várias polémicas devido à ideologia que partilha no Youtube e nas suas redes sociais. Vários grupos ativistas pelos direitos das mulheres e contra a violência doméstica condenam estas partilhas e acusam o influencer de ser misógino - uma característica que Andrew Tate confirma orgulhosamente.

Últimas Notícias
Mais Vistos
0