País

Presidente da ADSE ouvida no Parlamento 

Sofia Portela é a primeira a ser ouvida pelos deputados no âmbito do diferendo entre grupos privados e o sub-sistema de saúde dos funcionários públicos.

A presidente da ADSE é ouvida hoje no Parlamento a propósito da ameaça dos hospitais privados de acabarem com as convenções. Em causa está um diferendo entre alguns operadores privados e o sub-sistema de saúde dos funcionários públicos.

Sofia Portela é a primeira a ser ouvida pelos deputados sobre a polémica entre a ADSE e os grupos privados de saúde.

O requerimento foi apresentado pelo Bloco de Esquerda, pelo PSD e pelo CDS-PP. Também será ouvido João Proença, presidente do conselho geral e de supervisão da ADSE.

Na origem da polémica está a ameaça de alguns hospitais privados de suspender a convenção com o susbsistema de saúde dos funcionários públicos.

Em dezembro, a ADSE comunicou aos principais operadores privados que teriam que devolver 38 milhões de euros, relativos a medicamentos, tratamentos e cirurgias realizadas em 2015 e 2016.