País

Governo e sindicato falam em revolta na greve dos motoristas

Governo e sindicato falam em revolta na greve dos motoristas

António Costa que diz que há um sentimento de revolta relativamente à greve do próximo dia 12  e que o Governo está preparado para minimizar o impacto que a paralisação dos motoristas possa causar em todo o país. 

Do outro lado, Pedro Pardal Henriques garante que são as palavras do primeiro-ministro revoltam os motoristas de matérias perigosas e que não ajudam às negociações rumo ao fim da greve.

Ainda assim, o Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) diz que tem um plano para a próxima ronda negocial.