País

Tia do pai de Valentina: "Nós não queríamos acreditar que fosse verdade"

Familiares chocados com crime.

A tia do pai de Valentina contou esta segunda-feira à SIC que nunca suspeitou de Sandro nem de Márcia Bernardo. A criança já tinha fugido de casa em 2018, mas a tia do pai de Valentina conta que, na altura, desvalorizaram a situação.

Interrogatório a pai e madrasta de Valentina adiado para amanhã

O interrogatório e a presença em tribunal do pai e da madrasta de Valentina, a criança de 9 anos encontrada morta em Peniche, foram adiados para esta terça-feira.

O Ministério Público aguarda pelo resultado da autópsia para levar os dois suspeitos a interrogatório judicial. Foram ouvidos pela Polícia Judiciária no final da semana passada e detidos na manhã de domingo.

São suspeitos de homicídio qualificado, punido com uma pena que pode ir até 25 anos de prisão, e de profanação de cadáver, com pena de prisão até 2 anos.

  • 2:11