País

Morreu um dos pilotos do Canadair que caiu no Gerês

ARMÉNIO BELO

O segundo piloto ficou ferido.

Um dos pilotos do avião Canadair que caiu este sábado na zona do Lindoso, Ponte da Barca, quando combatia um incêndio no Gerês, morreu, e um segundo piloto sofreu ferimentos.

Segundo a Proteção Civil, o piloto que faleceu, de nacionalidade portuguesa, de 65 anos, morreu no local, apesar das tentativas realizadas pelos elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

O segundo piloto, de nacionalidade espanhola e de 39 anos, foi assistido no local e transportado em "estado grave" para o Hospital de Viana do Castelo, mas entretanto, o Presidente da República informou que se encontra fora de perigo.

Queda deu-se em território espanhol

O avião despenhou-se numa área do território espanhol, "a cerca de um, dois quilómetros da fronteira com Portugal", acrescentou a mesma fonte.

SIC

Avião faz parte do dispositivo de Castelo Branco

Em comunicado enviado às redações, Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) confirma que o Canadair é português e faz parte do dispositivo de combate a incêndios florestais do Centro de Meios Aéreos de Castelo Branco.

Um avião anfíbio pesado (Canadair CL215), do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, sofreu um acidente esta manhã na Barragem do Alto do Lindoso, na sequência de uma operação de scooping.

O alerta para o acidente foi dado pelas 11h16.

Resultam deste acidente 02 feridos.

A aeronave, do Centro de Meios Aéreos de Castelo Branco, participava nas operações de combate a um incêndio que lavra no Parque Nacional da Peneda Gerês, freguesia e concelho do Lindoso, distrito de Viana do Castelo.

As imagens dos destroços

Canadair caiu em local de difícil acesso. Autarca pediu mais meios aéreos

O presidente da Câmara de Ponte da Barca disse que o avião caiu numa zona de difícil acesso.

O autarca pediu ainda ao ministro da Administração Interna o reforço de meios aéreos no combate ao incêndio que lavra em Lindoso, para impedir que as chamas atinjam a mata protegida de Cabriz.

Investigação à queda de Canadair é responsabilidade de Espanha

A investigação ao acidente é da responsabilidade de Espanha.

Devido ao facto de o acidente ter acontecido em território de Espanha, fonte do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) explicou à agência Lusa que são as autoridades espanholas que têm a responsabilidade e a competência para desenvolver a investigação.

Marcelo envia condolências aos familiares

Esta tarde em Porto Santo, Marcelo disse já ter prestado as condolências aos familiares da vítima da queda do Canadair. O Presidente da República garantiu ainda que o piloto que ficou ferido está fora de perigo.

Incêndio deflagrou de madrugada

Um incêndio no Parque Nacional Peneda Gerês, na freguesia de Lindoso, Viana do Castelo, deflagrou esta madrugada e está a ser combatido por bombeiros e meios portugueses e espanhóis.

Às 14h00, segundo a página da Proteção Civil, o fogo estava a ser combatido por 135 bombeiros apoiados por 11 meios aéreos.

Os meios e operacionais no terreno são portugueses e espanhóis, pois o incêndio afeta a freguesia de Lindoso, concelho de Ponte da Barca, em Portugal, e a zona de Lindos, em Espanha.

Governo determina à Proteção Civil abertura de inquérito ao fogo no Gerês

O Ministério da Administração Interna determinou este sábado à Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) a abertura de um inquérito ao incêndio.