País

Oposição não ficou convencida com as explicações de Eduardo Cabrita

O Bloco de Esquerda pede a saída do ministro.

A oposição não ficou convencida com as explicações de Eduardo Cabrita. Já o Presidente da República avisa que o próprio SEF está em causa, se se apurar que o que aconteceu não foi um caso isolado. Sem particularizar nomes, Marcelo Rebelo de Sousa diz que há protagonistas que poderão ter de mudar.

Para o Presidente da República, o anúncio da indemnização à família de Ihor Homeniúk e a demissão da diretora do SEF são sinais de que o Estado está a assumir responsabilidade pelo homicídio do ucraniano no aeroporto de Lisboa.

Nove meses depois do crime, Marcelo diz que é preciso apurar se este foi um caso único

"Se for ato isolado em que há determinados responsáveis é uma coisa, se é forma de funcionamento do SEF é outra coisa e muito mais grave”, disse.

“Se for uma atuação sistemática, o que está em causa é próprio SEF”.

Se for esse o caso, diz o Presidente, o Governo terá de reconhecer que a instituição não pode continuar nos mesmos termos.

Partidos querem mais esclarecimentos

Sem rodeios, o Bloco de Esquerda pede a saída de Eduardo Cabrita. As explicações do ministro não convenceram a oposição.

“Quem oito meses depois se vitimiza, não percebeu o que deveria ter dito ao país. Reconhecemos que o ministro não tem condições para continuar”

O PSD vai continuar a querer esclarecimentos. Esclarecimentos esses esperados para a próxima terça-feira, quando o ministro da Administração Interna for questionado pelos deputados no Parlamento.

  • "Quando estou com os avós sinto-me feliz"

    Desafios da Mente

    As investigações apontam que as crianças que têm avós envolvidos na prestação de cuidados podem ter melhores índices de saúde mental, como uma redução do risco de sintomas depressivos e de comportamentos desviantes, bem como melhor desenvolvimento cognitivo. Em Portugal, o Dia dos Avós celebra-se a 26 de julho. A data foi instituída pela Assembleia da República, em 2003.

    Mauro Paulino