País

Um dia na vida do Presidente Marcelo

A SIC acompanhou o último dia do primeiro mandato de Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República.

De manhã à noite. Nos bastidores do Palácio de Belém, onde está a viver desde novembro depois do regresso ao Estado de Emergência, até à casa de família onde se fez homem e decidiu passar a última noite antes das duas tomadas posse como Chefe de Estado.

Uma homenagem aos pais com Marcelo emocionado e de voz embargada.

Marcelo emocionado

Adora cozido à portuguesa, mas não tem jeito para cozinhar

O Presidente que quer deixar aos portugueses uma imagem semelhante à que deixou nos alunos conversou com a SIC nos curtos intervalos do dia de trabalho.

Entre reuniões e despachos, pelas salas, recantos e jardins do Palácio de Belém, que escolheu para almoçar, ou no refeitório, onde foi buscar o jantar e revelou que adora cozido à portuguesa e não tem jeito para cozinhar.

A incerteza do futuro

Falou-se de incerteza no futuro que aí vem, dos jovens que não conseguem comprar casa nem constituir família, do rigor e urgência necessários à boa aplicação dos fundos para reconstruir o país, dum primeiro-ministro mais realista, da pandemia que o faz desesperar, da Páscoa que quer confinada para ganhar o verão e tudo o resto.

No Dia Internacional da Mulher assistimos a cerimónias públicas e restritas e à primeira reunião com as novas Casa Cívil e Casa Militar, agora 60 % no feminino.

Um documento para a História onde o Presidente da República conta que não beija as netas há um ano e revela ter consciência que no fim do novo mandato já não será o mesmo Marcelodos primeiros anos na Presidência da República.

Veja também: