País

Costa sobre Jorge Coelho. "Poucos foram os que conseguiram exprimir tão bem a alma dos socialistas"

Recorda-o como um "cidadão dedicado ao seu país".

António Costa, primeiro-ministro e líder socialista, diz que está chocado com a morte do antigo ministro Jorge Coelho e que este é um "momento muito difícil".

Numa mensagem dirigida à mulher e à filha, António Costa lamentou a morte do "camarada", em nome do Partido Socialista. Recorda-o como um "cidadão dedicado ao seu país", que serviu o Governo e o mundo empresarial.

"Jorge Coelho não era só um camarada, era um amigo de todos nós e um amigo de todas as gerações do PS", diz.

"Poucos foram os que conseguiram exprimir tão bem a alma dos socialistas", acrescenta.

António Costa diz ainda que o histórico socialista tinha "força e capacidade de ação" nos momentos mais difíceis. "Iremos seguramente chorar, cada um por si", diz.

"Era um dos mais queridos de todos nós", sublinha.

  • 16:26