País

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

Eduardo Cabrita confirma que Governo ainda não foi notificado.   

O ministro da Administração Interna já deu ordens para preparar o documento que vai contestar judicialmente a decisão do Supremo Tribunal Administrativo, que suspende a requisição civil ao Zmar, em Odemira.

Eduardo Cabrita diz, no entanto, que nem ele, nem o primeiro-ministro foram ainda notificados.

Sobre a eventual retirada dos imigrantes do Zmar, o ministro garante apenas que a prioridade continuará a ser a saúde pública.

JUSTIÇA DÁ RAZÃO AOS PROPRIETÁRIOS E SUSPENDE REQUISIÇÃO CIVIL NO ZMAR