País

Envio de dados de ativistas russos. PS solidário com Medina, partido critica oportunismo da oposição

O partido diz que em política não vale tudo.

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa pediu ontem "desculpas públicas" pela partilha de dados de ativistas russos em Portugal com as autoridades russas, assumindo que foi "um erro lamentável que não podia ter acontecido".

Apesar de considerar o caso lamentável, o Partido Socialista está solidário com Fernando Medina e critica aquilo que diz ser o oportunismo e cinismo dos partidos da oposição.

O Governo quer fazer alterações à legislação de 1974 sobre o direito de manifestação.