País

Novo Banco avança com auditoria interna após buscas no caso que envolve Vieira 

Os procuradores do Ministério Público e os agentes da Autoridade Tributária realizaram buscas no banco na quarta-feira. 

O Novo Banco abriu uma auditoria interna para analisar as condutas adotadas no caso que envolve Luís Filipe Vieira.

A decisão surge depois do presidente executivo da instituição, António Ramalho, ter sido alvo de buscas na semana passada, no âmbito da Operação Cartão Vermelho.

As autoridades estiveram também na casa e no antigo gabinete de Vítor Fernandes no Novo Banco.

O ex-administrador, com o pelouro da recuperação de crédito, é suspeito de ter transmitido informação privilegiada a Luís Filipe Vieira.