País

BE acusa PSD de “número eleitoralista” com transferência do Tribunal Constitucional

“Mera jogada eleitoral, é o pior contributo que o PSD pode dar a essa causa”.

O Bloco de Esquerda criticou esta quinta-feira no Parlamento o “número eleitoralista” do PSD com a proposta da deslocalização do Tribunal Constitucional (TC) para Coimbra. O deputado bloquista José Manuel Pureza considera que este “é o pior contributo que o PSD pode dar a essa causa”.

“Quis o PSD que o debate sobre a descentralização decorresse em plena campanha autárquica. Coimbra merecia mais consideração pelo PDS do que esta sua utilização para truques eleitoralistas. (…) Não é a transferência do TC para Coimbra que é desprestigiante, é o truque eleitoralista do PDS que despregistia esta medida. (…) Mera jogada eleitoral, é o pior contributo que o PSD pode dar a essa causa”, afirmou.

O projeto de lei do PSD irá a votos na sexta-feira. O Partido Socialista e o Bloco de Esquerda já anunciaram que vão abster-se. A ideia de mudar a sede do Tribunal Constitucional para Coimbra foi avançada por Rui Rio há um ano.

Veja também: