País

Liderança do PSD: Rui Rio anuncia recandidatura, Jorge Moreira da Silva sai da corrida

Paulo Rangel já está a fazer campanha, com a maioria absoluta como objetivo para as legislativas.

Rui Rio vai mesmo avançar como recandidato à liderança do PSD. O anúncio foi feito num comunicado, onde é afirmado que o líder do PSD “não é homem para desistir da luta”. Poucas horas depois do anúncio, Jorge Moreira da Silva retirou-se da corrida. Paulo Rangel está já em campanha e, na primeira entrevista, apontou para a maioria absoluta do PSD nas próximas legislativas.

O anúncio não surgiu pela mão de Rui Rio. Foi o vice-presidente dos sociais-democratas, Salvador Malheiro, quem deu a notícia através de um email enviado pelo presidente da Câmara de Ovar. Horas depois, Rui Rio confirmava o anúncio na sua conta de Twitter.

É oficial: Paulo Rangel já não está sozinho na corrida à liderança do PSD. O eurodeputado garante que está preparadíssimo para ir às eleições legislativas e, na primeira entrevista como candidato, dada à TVI, subiu a fasquia e apontou para a maioria absoluta – um nível que nem Rui Rio, nem Passos Coelho alguma vez arriscaram.

Por outro lado, Jorge Moreira da Silva anunciou que não irá formalizar a candidatura. No Facebook, explicou que não deve protagonizar uma candidatura própria, mas garante que, em devido tempo, não deixará de dar opinião sobre aquele que considera ser o melhor projeto.

As eleições internas no PSD estão marcadas para 4 de dezembro.

► Veja mais:

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias