País

Sérgio Figueiredo vai, afinal, receber mais do que a remuneração base de um ministro

Loading...
O contrato de prestação de serviço com o ex-jornalista não prevê regime de exclusividade.

O antigo diretor de informação da TVI, Sérgio Figueiredo, vai, afinal, receber mais do que a remuneração base de um ministro.

O contrato, que deve ser assinado esta sexta-feira, foi revelado pelo Ministério das Finanças. Em dois anos, o novo consultor vai receber 139.990 euros brutos, ou seja, 5.832 euros por mês.

Comparando apenas vencimentos base este valor é superior ao salário ilíquido dos ministros, que recebem por mês 4.767 euros.

Segundo o Expresso, o novo consultor do Ministério das Finanças não vai trabalhar em exclusivo para o Governo.

Esta contratação por ajuste direto é criticada pelos partidos da oposição, que falam numa troca de favores entre Fernando Medina e Sérgio Figueiredo.

Últimas Notícias
Mais Vistos