País

Urgência de obstetrícia do Hospital Beatriz Ângelo com constrangimentos

Loading...

Serviço está encerrado entre as 08:00 e 20:00 desta quarta-feira e volta a fechar na quinta-feira às 08:00 por igual período de tempo.

As urgências de ginecologia e obstetrícia no Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, estão novamente encerradas esta quarta-feira entre as 08:00 e as 20:00.

No entanto, às 08:00 de quinta-feira voltam a encerrar por igual período de tempo. A repórter da SIC, Marta Sobral, encontra-se neste hospital e faz um ponto de situação.

O portal do Serviço Nacional de Saúde informa que há também interrupções no Centro Hospitalar Barreiro Montijo. O serviço vai estar fechado entre as 21:00 desta quarta-feira e as 09:00 de quinta-feira.

O Centro Hospitalar do Médio Tejo está encerrado desde terça-feira e só reabrirá na noite desta quarta-feira. Em Almada, no Hospital Garcia de Orta, o serviço de urgência obstétrica vai estar encerrado de sábado a segunda-feira.

Há alguns meses que este tipo de situações se repetem e, desde o início do verão que o problema se agravou. O Sindicato Independente dos Médicos já alertou que vai piorar.

A crise das escalas de verão levou o Governo a criar um novo regime remuneratório para os médicos que fazem urgências. O diploma entrou em vigor há cerca de 1 mês e permite aos hospitais pagar mais aos médicos do quadro pelas horas extraordinárias.

Há médicos internos de obstetrícia que já ultrapassaram, este ano, as 650 horas extraordinárias. O bastonário da Ordem dos Médicos reuniu, esta terça-feira, com os internos que escreveram à ministra da Saúde dizendo que não fazem mais trabalho extra além das 150 horas previstas pela lei.

Enquanto o problema não estiver resolvido e não houver médicos para assegurar as escalas, as urgências de obstetrícia e bloco de partos continuam com interrupções no serviço.

Últimas Notícias