País

Obras do plano de drenagem em Lisboa só deverão estar concluídas em 2025

Loading...

Obras vão arrancar em março e Carlos Moedas prevê grande impacto na mobilidade na cidade.

O presidente da Câmara de Lisboa promete novos túneis de drenagem para a cidade. A obra começa em março e deverá durar dois anos. O orçamento foi aprovado nesta quarta-feira, horas antes das chuvas torrenciais.

O Presidente da República diz que é urgente avançar já com obras estruturais. Carlos Moedas responde com um orçamento aprovado.

“Temos de lutar para mudar esta situação e, por isso, aprovámos na Assembleia Municipal um orçamento que vai permitir fazer os grandes túneis de drenagem que são tão importantes para a cidade”, afirmou.

A ideia tem vários anos, mas só agora sai do papel. A obra para drenar Lisboa vai começar em março e deverá prolongar-se até 2025. Prevê a escavação de um túnel com cinco metros de diâmetro, a 70 metros de profundidade do solo, entre Campolide e Santa Apolónia e um outro entre Chelas e o Beato.

“É uma obra muito importante para a cidade que vamos começar imediatamente. Vai ser uma obra muito grande, que vai ter impacto na mobilidade da cidade, mas é essencial”, explicou Moedas.

O Plano de Drenagem vai permitir escoar água e evitar as cheias, que se repetem sempre nas mesmas zonas da cidade. Um investimento de cerca de 133 milhões de euros. É a maior obra municipal alguma vez posta de pé pela Câmara de Lisboa.

Últimas Notícias