País

MP insiste que João Carreira deve ser condenado pelo crime de treino para terrorismo

MP insiste que João Carreira deve ser condenado pelo crime de treino para terrorismo

Jovem de 19 anos foi condenado apenas pelo crime de posse de arma proibida, depois de ter planeado um ataque terrorista à Faculdade de Ciências de Lisboa.

O Ministério Público insiste que o jovem acusado de ter preparado um ataque terrorista à Faculdade de Ciências de Lisboa deve ser condenado pelo crime de treino para terrorismo.

Em dezembro, o Tribunal Criminal de Lisboa condenou o jovem de 19 anos apenas pelo crime de posse de arma proibida e a uma pena de dois anos e nove meses em estabelecimento prisional para inimputáveis.


Loading...

O Ministério Público não se conforma com o acórdão e anuncia que vai interpor um recurso.

No recurso a que a SIC teve acesso, a procuradora da República entende que ficou provado no julgamento que João Carreira adquiriu, por si próprio, treino, instruções e conhecimentos, sobre o fabrico ou a utilização de explosivos e outros métodos e técnicas específicos para a prática de um ato terrorista, para matar um número indeterminado de estudantes.

Deste modo, a procuradora pede que o jovem seja condenado a uma pena não inferior a três anos e meio de cadeia, também em prisão para inimputáveis.

Detido após comentários na internet

João Carreira foi detido em fevereiro de 2022 depois de ter exposto na internet que desejava matar estudantes na Universidade de Lisboa. Um internauta avisou o FBI, que alertou a Polícia Judiciária.

Ficou em prisão preventiva desde 11 de fevereiro de 2022, tendo a medida de coação sido substituída por internamento preventivo no Hospital Prisional de Caxias, com o MP a alegar "forte perigo de continuação da atividade criminosa e um intenso perigo de perturbação da tranquilidade e da ordem públicas".

O jovem foi acusado em julho pelo Ministério Público de dois crimes de terrorismo, um dos quais na forma tentada, e de um crime de detenção de arma proibida.


Últimas Notícias
Mais Vistos