Linhas Vermelhas

Mortágua e Mesquita Nunes juntos contra Rendeiro, offshores e Justiça portuguesa

Os dois comentadores condenam atuação do Governo na luta contra as offshores e demonstram descontentamento pela Justiça na fuga de Rendeiro.

A bloquista Mariana Mortágua e o centrista Adolfo Mesquita Nunes não concordam com a atuação do Governo na luta contra as offshores e demonstram o seu descontentamento na atuação da Justiça no caso da fuga de Rendeiro.

Mariana Mortágua referiu uma medida aceite pelo Partido Socialista, na luta contra as offshores, que, materialmente, teria aplicabilidade quase nula, considerando a bloquista esta ação como algo para "inglês ver", num debate onde também defendeu existir um sistema de Justiça para "ricos" e outro para "pobres".

Já Adolfo Mesquita Nunes, num debate marcado pela partilha de posições idênticas entre os dois, condena a resposta da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, na atuação do sistema judicial em relação aos processos e à fuga de João Rendeiro, considerando a sua ação como "tíbia".

Veja também: