Desporto

Covid-19. Sporting acusa FC Porto de fazer uma “ameaça vã”

ANTONIO COTRIM

Em causa está a participação na 'final four' da Taça da Liga depois dos testes positivos de Sporar e Nuno Mendes.

O Sporting publicou, esta segunda-feira, um comunicado em resposta à posição do FC Porto que pretende “repensar a participação da ‘final four’” da Taça da Liga. Em causa estão os testes positivos dos jogadores sportinguistas Sporar e Nuno Mendes. O clube de Alvalade afirma que se tratam de “falsos positivos”.

Os leões consideram a “ameaça vã” e afirmam ser “absolutamente inaceitável” a pressão realizada pelo FC Porto sobre as autoridades de saúde e a Liga de Portugal.

“A FC Porto SAD, fingindo não perceber o óbvio, entretém-se a pressionar, de forma absolutamente inaceitável, as autoridades da Saúde e a Liga de Portugal. Espera-se que o teor do Comunicado oficial, pela sua gravidade, seja devidamente analisado e punido pelos órgãos jurisdicionais competentes”, pode ler-se numa nota publicada no site do clube.

No comunicado, o clube de Alvalade explica que os resultados positivos à covid-19 dos jogadores Sporar e Nuno Mendes foram obtidos em testes externos. No entanto, “tendo em conta a dissonância entre os resultados dos testes internos e os resultados dos testes efetuados quarta-feira, a Sporting CP – Futebol, SAD considerou que esses resultados seriam, com toda a probabilidade, falsos positivos”, pode ler-se

Os dois jogadores foram submetidos a dois novos testes, realizados “em laboratórios de referência”, na sexta-feira e sábado, tendo tido resultados negativos em ambos.

“Tanto o laboratório em causa como a Autoridade de Saúde Territorialmente competente reconheceram que, em função dos novos exames, os dois atletas em causa estavam em condições de ser considerados aptos para o jogo”, explica o Sporting.

Por esta razão, os leões consideram “que os seus jogadores estão aptos e, mediante opção técnica, poderão integrar a lista de convocados para o jogo a disputar amanhã [terça-feira], na meia final da Taça da Liga, contra a FCP SAD”.

O Sporting garante ainda que “não cederá a essas pressões e apela à Direção da Liga de Portugal para que faça o mesmo”. Para o clube a “ameaça vã” do FC Porto “apenas pretende que dois falsos positivos continuem a falsear a verdade desportiva”.