Desporto

"Faz parte do passado": treinador do Manchester United fala pela primeira vez sobre saída de Cristiano Ronaldo

"Faz parte do passado": treinador do Manchester United fala pela primeira vez sobre saída de Cristiano Ronaldo
Leila Coker/AP

Mais de duas semanas depois do anúncio oficial da saída do CR7 dos “red devils”, o treinador Erik ten Hag falou sobre o caso, embora tenho sido parco nas palavras.

O tema “Cristiano Ronaldo” continua a marcar a atualidade. Depois de esta terça-feira ter começado no banco de suplentes o encontro frente à Suíça, hoje o treinador do Manchester United, Erik ten Hag, falou pela primeira vez sobre a polémica saída do internacional português.

Em declarações ao canal de televisão do clube inglês, e antes do jogo amigável com o Cádiz, Ten Hag comentou a questão mas sem se alongar.

“Ele [Cristiano Ronaldo] foi embora, saiu, faz parte do passado. Agora queremos olhar em frente e para o futuro”, referiu o técnico neerlandês, que quer regressar “melhor” à competição depois do inverno.

A relação tensa entre treinador e jogador foi desde sempre conhecida, mas depois da entrevista que Cristiano Ronaldo concedeu a Piers Morgan, a situação complicou-se.

E, dias depois de ter sido emitida e apenas dois dias antes da estreia de Portugal no Campeonato do Mundo, o Manchester United anunciou a saída de CR7 do clube “por mútuo acordo, com efeito imediato”.

"Cristiano Ronaldo vai deixar o Manchester United, por acordo mútuo, com efeitos imediatos. O clube agradece-lhe a sua imensa contribuição ao longo de duas passagens por Old Trafford, com 145 golos em 346 jogos, e deseja-lhe, e à sua família, tudo de bom para o futuro", escreveram os 'red devils', num curto comunicado emitido no dia 22 de novembro.

Ronaldo, que tinha contrato com o United até ao final da época, estreou-se no Mundial no Qatar já como um jogador livre.

Últimas Notícias
Mais Vistos