Angela Merkel

Costa fala em "privilégio" trabalhar com Merkel, Marcelo diz que foi "essencial" para Europa

FRIEDEMANN VOGEL

Alemães estão este domingo a escolher o novo Parlamento e o sucessor de Angela Merkel.

Os alemães estão este domingo a escolher o novo Parlamento e o sucessor de Angela Merkel.

Marcelo diz que Merkel foi "essencial para a Europa"

Marcelo Rebelo de Sousa considera que as eleições na Alemanha são determinantes para o futuro da Europa.

O Presidente da República elogia Angela Merkel pelos 16 anos de governação e afirmou que a chanceler foi "essencial na vida da Europa".

"É devida uma palavra, porque ela foi essencial na vida da Europa durante muitos anos, na vida de todos nós. Ela foi decisiva para a Europa", afirma Marcelo Rebelo de Sousa.

Em declarações aos jornalistas depois de ter votado para eleições autárquicas em Celorico de Basto, no distrito de Braga, o Presidente da República recorda que a formação de Governo na Alemanha "demora muito tempo", indicando que, por isso, Ângela Merkel "continuará em funções durante mais uns meses".

"Tive o privilégio de privar com a chanceler"

Já o primeiro-ministro, António Costa, diz que foi um privilégio trabalhar com Angela Merkel, acrescentando que tem um "espírito europeu notável" e que "procura sempre ouvir os outros e encontrar soluções".

Afirma ainda que tem a certeza que os alemães encontrarão uma solução que permita manter o diálogo de construção da Europa a 27.

"São eleições muito disputadas. Nunca é fácil a sucessão a uma pessoa tão carismática", diz.

Alemães escolhem sucessor de Merkel

As sondagens dão uma vantagem ligeira ao SPD, do atual ministro das Finanças, Olaf Scholz, sobre o candidato da CDU, Armin Laschet.

Angela Merkel votou por correspondência.

A votação abrirá um novo ciclo na Alemanha, depois de 16 anos de governação de Merkel. No entanto, a chanceler vai manter-se no cargo até que fiquem concluídas as negociações para a coligação governamental, que podem durar vários meses. Em 2017, foi preciso quase meio ano para que fosse alcançado um entendimento.

LEIA MAIS: