Eleições Autárquicas

Costa insiste que Galp falhou em Matosinhos e que críticas aconteceram por ser campanha

“Toda a gente sabe que a Galp não tem cumprido”.

António Costa insiste que a Galp falhou em Matosinhos e que as críticas de que foi alvo só aconteceram por ser campanha eleitoral. O secretário-geral do PS foi esta terça-feira a duas Câmaras comunistas, a começar por Alcácer do Sal, reconquistada pelo PCP há oito anos.

“Toda a gente sabe que a Galp não tem cumprido nem tem feito o esforço que devia fazer para acompanhar este processo de transição, aí está a falha”, afirmou.

O jornal Público revela esta terça-feira que chegou a estar em cima da mesa uma proposta que poderia ter adiado o desfecho da refinaria de Matosinhos. A iniciativa partiu do IEFP e consistia em criar um programa de formação à medida de cada um dos funcionários.

A Galp terá recusado aceitar as contrapartidas exigidas. Contactado pela SIC, o Ministério do Trabalho confirma não só a proposta, mas também a recusa da empresa.

Especial Eleições Autárquicas

Veja também: