Caso Maddie

Região de Lagos revive drama do desaparecimento de Maddie

Quinta que suspeito comprou em 2010 na Alemanha foi alvo de diligências da polícia.

As autoridades alemãs fizeram buscas numa quinta comprada pelo principal suspeito no desaparecimento de Madeleine McCann.

Treze anos depois do desaparecimento da criança, na altura com três anos, a região de Lagos voltou esta semana a reviver o drama do caso. O principal suspeito, que está detido na Alemanha, foi visto várias vezes na zona onde viveu, na cidade.

POLÍCIA BRITÂNICA IDENTIFICA ALEMÃO COMO SUSPEITO FORMAL NO CASO MADDIE MCCANN

A polícia britânica identificou um homem alemão como suspeito formal no desaparecimento de Madeleine McCann, em Portugal, em 2007. O homem de 43 anos está, neste momento, a cumprir pena na Alemanha por outro motivo.

O alemão terá vivido no Algarve várias vezes entre os anos de 1995 e 2007. Segundo registos telefónicos, terá estado na zona da Praia da Luz no dia em a criança inglesa desapareceu. As informações foram divulgadas esta quarta-feira em conferência de imprensa da Scotland Yard.

As autoridades britânicas estão a investigar o desaparecimento numa investigação designada "Operação Grange" e identificaram uma carrinha caravana branca de marca Volkswagen que o suspeito usou para viver e também um automóvel Jaguar ao qual teria acesso.

A polícia identificou também dois números de telemóvel, um usado pelo suspeito e que terá recebido uma chamada entre as 19:32 e 20:02 de 3 de maio na zona da Praia da Luz, e outro que iniciou o telefonema e que poderá ser uma "testemunha altamente significativa".

Veja também:

  • 14:18
  • 2:34